Animais na Interpares – Uma jornada de respeito e responsabilidade

No último dia 16 de dezembro de 2018 algumas pessoas da nossa vizinhança questionaram, nas redes sociais, o tratamento dado aos animais que vivem na Interpares. A desinformação presente nas postagens divulgadas e a falta de interesse das autoras em conversar diretamente conosco nos motivaram a explicar aqui alguns pontos levantados por elas. Vamos, então, falar um pouquinho sobre nossa relação com os animais?

  • A Interpares tem 20 anos de história na educação infantil e em toda a nossa trajetória, desde o primeiro dia, houve a interação respeitosa entre crianças, adultos e os animais da escola – entre eles cachorros, coelhos, galinhas e outras aves.

 

  • Nenhum animal é desassistido por aqui, nem mesmo nos finais de semana, tendo em vista que uma funcionária e sua família residem dentro do nosso terreno e olham por eles diariamente. Outra iniciativa em andamento na escola é o passeio de final de semana organizado pelas famílias Interpares – sim, nossos alunos e seus familiares podem levar os cães para passear aos sábados e domingos, tendo em vista que muitos deles desejam ter um animalzinho mas não podem (por variados motivos). Além disso, os animais são todos consultados e acompanhados de perto pela veterinária da escola, Michelle Arzua, CRMV/PR 05881.

 

  • Somos regularmente visitados pela Vigilância Sanitária e temos nossos documentos todos em dia, inclusive referente ao controle sanitário. Esses documentos estão disponíveis na Secretaria da Escola, assim como os documentos de vacina e registro dos animais que vivem por aqui. Estão todos convidados a consulta-los. Também convidamos a todos para acompanharem nossos cães em suas idas ao pet shop, toda terça-feira.

  • Na semana do dia 10 de dezembro os alunos fizeram uma brincadeira com tintura para cabelo – aquelas que as crianças usam em festinhas, no Carnaval e mesmo no dia a dia. Como nossa duplinha de dogs adora se divertir com os pequenos, acabariam expostos a essa tintura. Então, antes de começar a atividade, consultamos a veterinária responsável, que disse ser seguro. Veio daí o colorido na pelagem dos filhotes, criticado de forma totalmente desproporcional nas postagens das vizinhas.

 

  • Ressaltamos que, ao contrário do divulgado pelas autoras das postagens, a interação entre os animais e as crianças da escola tem como objetivo, além da felicidade e todo o cuidado com os dois grupos, o ensino do respeito e da responsabilidade com os animais adotados. As crianças participam diariamente de atividades como adestramento, cuidados com o pelo, escovação, limpeza das orelhas e dos passeios. Em contrapartida, elas recebem muito amor e carinho dos bichinhos, além de um ganho enorme em sua imunidade, especialmente contra alergias (pesquisas comprovam que crianças que convivem com animais são menos sujeitas a crises desse tipo).

  • Vale frisar, ainda, que nossos cachorrinhos foram adotados. Ganham muito amor e não foram vítimas do cruel comércio de animais. Além deles, a Interpares recebe com frequência grupos de cães que participam de programas de “cãoterapia”. São dias muitos felizes por aqui, tanto para as crianças quanto para os animais, especialmente por nosso amplo espaço de grama e areia. Todos adoram!

 

  • Aproveitamos para contar que a Interpares conquistou, em 2018, o título do Programa de Escolas Associadas da Unesco, que reconhece instituições de todo o mundo que trabalham pela cultura da paz. A certificação é um reconhecimento aos projetos e iniciativas desenvolvidas pela escola em prol da paz, do meio ambiente e da construção de um mundo melhor.

  • A todos que ficaram interessados ou ainda tenham dúvidas sobre nossa jornada de respeito e responsabilidade na educação, fica aqui o convite para nos visitarem. Funcionamos das 7h às 19h e não é necessário agendar. Só chegar! São todos bem-vindos, especialmente nossos vizinhos.

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *